sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Semana de Minas Gerais em Piemonte


Minas Gerais vai a Piemonte
Fonte: SETUR

A assinatura de acordos de cooperação técnica e a consolidação de parcerias tecnológicas e comerciais, além de eventos nas áreas de cultura e turismo vão marcar o encontro "Minas em Piemonte", entre os dias 18 e 21 de novembro, em Turim, na Itália. A programação integra a agenda de cooperação entre os governos de Piemonte e Minas Gerais, a partir do Acordo de Irmandade de 1993.

Um dos destaques do encontro é a consolidação da parceria com a Fiat, que pretende implantar um centro de pesquisas em automobilismo e design no Estado. O Centro é gerido, na Itália pelo Instituto Polítécnico de Turim, considerado um dos três melhores do mundo. O acordo prevê aos participantes a dupla titularidade tanto para os alunos da Universidade de Minas Gerais (Uemg), quanto para os italianos.

O Instituto de Desenvolvimento Integrado (Indi), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), e apoio da Indústria e Artesanato de Minas Gerais e da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, o Governo de Minas organizou uma missão empresarial, com a participação de 25 empresas mineiras, das áreas de autopeças, biotecnologia, metalurgia, mecânica, logística, artefatos de borracha, serviços, advocacia, bebidas, construção civil e educação.

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) apresentará os principais produtos turísticos do Estado para os operadores italianos e, na seqüência, serão realizadas rodadas de negócios entre os operadores de Piemonte e um grupo de operadores de Minas Gerais.

A Setur também é responsável pela Exposição Viver Minas, que será aberta no dia 18 de novembro no Museu de Ciências Naturais de Turim, permanecendo até o dia 14 de dezembro. A mostra, composta por 18 salas, leva ao público italiano as singularidades de Minas Gerais. Concebida pelo diretor artístico Paulo Pederneiras, o público de Piemonte será apresentado ao Estado por um de seus ícones: as montanhas mineiras.

As 18 salas da exposição, com recursos sonoros e visuais, apresentam o passado colonial com destaque para o Barroco, manifestações populares, turismo de aventura, arte contemporânea, esculturas e peças de artesanato, mineiros ilustres como Carlos Drummond de Andrade, Guimarães Rosa e Santos Dumont, grupos artísticos e culturais como Giramundo, Galpão e Uakti, as riquezas hídricas e alguns dos destinos turísticos como as cidades históricas, Estrada Real e o portão de entrada, a capital Belo Horizonte. Ao lado do museu de Turim, será montado um espaço com gastronomia e música, executada por 38 artistas.

Outra demonstração da riqueza cultural de Minas será a tamborzada mineira, cortejos que serão realizados pelas ruas de Turim, onde estão os espaços que recebem programação de Minas. Participam desta ação os mineiros Maurício Tizumba e o Grupo Tambolelê.

As instituições mineiras participantes do Programa de Cooperação Científica e Tecnológica de Minas Gerais em Piemonte são: Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec), Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Nenhum comentário:

Postar um comentário